Café de A-Z - M

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | Y | Z
Mistura

Reflete a mistura de duas variedades de café distintas.

Moagem

É um processo mecânico de remoção do pergaminho que envolve o grão de café. Ele é utilizado, independentemente do método escolhido (seco ou molhado), pois o café precisa de ser seco depois da colheita e após a remoção de frutas.

Moinho de Café da Rebarba

É um moinho de café com dois discos de corte ou rebarbas que podem ser ajustados para obter a máxima eficácia da moagem dos grãos de café.

Montanha Azul da Jamaica

Café exclusivo jamaicano que é cultivado acima dos 900 metros de altitude. Trata-se de um café rico, complexo, bastante simples, equilibrado e apresenta tons baixos do café Caribe.

Montanha Gayo

Nome de mercado para o café exportado por um centro de produção na província de Aceh, no norte de Sumatra. Os cafés húmidos fabricados nesta região tendem a ser limpos, mas sem a potência habitual dos cafés de Sumatra.

Moshi

Nome de mercado para o café que é produzido nas encosta do monte Kilimanjaro, na Tanzânia.

Mundano

Trata-se de um defeito ou de um gosto exótico desejável, depende de quem está a fazer a degustação e quão intenso é o gosto pela terra. Aparentemente, o sabor mundano está relacionado com o contacto literal de café molhado com a terra durante a secagem dos grãos de café. Os cafés da Indonésia e Timor são propensos a exibir sabores da terra.

Mysore

Nome de mercado para determinados cafés indianos de elevada qualidade que são produzidos de acordo com o método molhado.

Páginas