Café de A-Z

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | Y | Z
Mysore

Nome de mercado para determinados cafés indianos de elevada qualidade que são produzidos de acordo com o método molhado.

Narino

É um departamento existente no sul da Colômbia que produz algumas especialidades de cafés que são admiradas em todo o mundo.

Nicarágua

Os cafés da Nicarágua (Jinotega e Matagalpa) são excelentes, no entanto, não se distinguem do estilo clássico da América Central: meio encorpado, ácido e saboroso.

Nova Guiné

Os melhores cafés da Nova Guiné são produzidos em enormes propriedades e apresentam um café muito bem preparado, limpo, perfumado, profundo e ligeiramente ácido. Outros cafés que são cultivados de forma orgânica são produzidos em pequenas quintas e processados por meios técnicos muito simples.

Oaxaca

Nome de mercado para o café que é proveniente do estado de Oaxaca, no sul do México.

Ocoa

Nome de mercado para um dos cafés mais respeitados da República Dominicana.

Óleo de Café

A essência volátil de café que é desenvolvida no grão durante o processo de torrefação.

Origem Exclusiva

Diz respeito ao café que foi produzido a partir de um único país, região e cultura.

Palha

é um floco que se encontra no interior do fruto de café e permanece agarrado ao grão de café verde após o processo de recolhe e torrefação.

Pássaro Amigável

Termo associado ao cultivo do café na sombra. Descreve o café que é cultivado sob uma cobertura que faz sombra. Por exemplo, o café Arábica tanto é cultivado na sombra ou em pleno sol. O seu cultivo na sombra ocorre nos países da América Central, Colômbia, Peru, Venezuela, Índia e algumas regiões do México, da Indonésia e do continente africano.

Percolação

É um método de preparação do café no qual se infiltra a água quente através de filtros no café moído. Existe um coador que utiliza o poder da água quente para forçar a água a passar por um tubo e sobre o café moído.

Pergaminho de Café

Faz parte do processo de torra húmida, onde um pergaminho seco envolve o grão de café. O pergaminho é posteriormente retirado antes dos grãos de café serem torrados.

Peru

O melhor café do Peru é saboroso, aromático, suave, leve e ácido. Os mais conhecidos são o Chanchamayo do centro e sul do país e o Urubamba que cresce perto da região de Machu Picchu.

Pirólise

É o processo de decomposição química das gorduras e hidratos de carbono que ocorre durante o processo de torrefação. Este processo proporciona um melhor aroma e sabor ao café.

Polimento

Trata-se de um procedimento opcional que é realizado no final da moagem dos grãos de café secos para melhorar a sua aparência. O polimento é executado para melhorar o sabor de um grão de café, mas pode prejudicá-lo ao aquecer em demasia.

Polpa de água

Processo que é utilizado para retirar a polpa dos frutos que são apanhados à mão. Uma máquina separa o grão da polpa, utilizando o método de fricção. Este processo de fermentação decompõe quaisquer substâncias viscosas que possam ter ficado agarradas aos grãos após a despolpagem.

Polpação

Processo de remover a pele externa do fruto ou grão de café.

Porta - Filtro

O porta - filtro é um objeto de metal com cabo de plástico que prende o filtro do café na extração de um café expresso.

Porto Rico

Os cafés Yauco de Porto Rico são uma especialidade exclusiva da região que mostram as qualidades que tornaram o jamaicano Blue Mountain famoso. Apresentam cafés com uma acidez profunda e vibrante e um sabor rico e equilibrado. No entanto, são, muitas vezes, marcados pela sua inconsistência.

Prateada

Diz respeito à pela mais fina que existe no interior do fruto do café. Geralmente, a pele agarra-se aos grãos de café secos e só é removida durante o polimento, depois do processo de torrefação ter sido realizado.

Páginas