Café de A-Z

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | Y | Z
Maquineta

É um estilo de fermentação específico de gotejamento com dois compartimentos fechados. A água da fermentação é aquecida num compartimento específico e os pingos de água quente atravessam o compartimento oposto do café.

Maracaibo

Uma classe de cafés da Venezuela, incluindo muitos dos cafés característicos e distintos daquele país.

Maragogipe

É uma variedade de café Arábica que se distingue pelo tamanho e porosidade dos seus grãos de café. Primeiramente, apareceu no Brasil e, mais tarde, a sua produção alastrou-se a toda a América Latina, particularmente no México e América Central.

Matagalpa

Nome de mercado para um dos cafés mais respeitados da Nicarágua.

Mattari

Nome de mercado para um dos cafés mais admirados do Iémen. A sua produção vai desde a área de Mattar do Bani até à zona oeste da cidade de Sana´a. É uma das versões mais nítidas do estilo Iémen.

Mbeya Pare

Nome de mercado para o café que é produzido no sul da Tanzânia.

Mérida

Nome de mercado para um dos cafés mais respeitados e característicos da Venezuela. Ele é conhecido por proporcionar um gosto doce e delicado e isso faz as delícias de todos os amantes de café.

Método de Água Fria

É um método de preparação, no qual um grão de café moído é embebido numa pequena quantidade de água fria durante um período de 10 a 20 horas. Este método, faz com que o café tenha uma baixa acidez e uma luz encorpada, o que agrada a alguns apreciadores e desagrada a outros.

Método de Fermentação de Pote Aberto

É um método específico em que o café moído é mergulhado e não fervido num pote aberto e separado do café preparado através da sedimentação ou esforço.

Método de Filtragem

Tecnicamente, é qualquer método de fermentação no qual a água passa por um aglomerado de café moído. Nos termos populares, descreve o método de extração de café das máquinas de café expresso.

Método de Gotejamento

Método de fermentação que possibilita a passagem da água quente através de um aglomerado de café moído. Este processo vai dar origem ao café como bebida e fazer as delícias de todos os apreciadores.

Método de Secagem

A secagem do café é processada pela remoção da casca ou dos frutos do café. Quando é utilizada fruta madura na secagem, o café pode ser frutado, complexo e profundamente dimensionado. Os melhores cafés que foram processados a seco são os cafés do Iémen, o café Harrar da Etiópia e os melhores cafés tradicionais do Brasil.

México

Os melhores cafés mexicanos (Oaxaca Pluma, Coatepec, Chiapas) são distinguidos pela sua delicadeza, leveza e acidez agradável. Os cafés Chiapas podem ser maiores e mais ricos em matéria de acidez.

Mistura

Reflete a mistura de duas variedades de café distintas.

Moagem

É um processo mecânico de remoção do pergaminho que envolve o grão de café. Ele é utilizado, independentemente do método escolhido (seco ou molhado), pois o café precisa de ser seco depois da colheita e após a remoção de frutas.

Moinho de Café da Rebarba

É um moinho de café com dois discos de corte ou rebarbas que podem ser ajustados para obter a máxima eficácia da moagem dos grãos de café.

Montanha Azul da Jamaica

Café exclusivo jamaicano que é cultivado acima dos 900 metros de altitude. Trata-se de um café rico, complexo, bastante simples, equilibrado e apresenta tons baixos do café Caribe.

Montanha Gayo

Nome de mercado para o café exportado por um centro de produção na província de Aceh, no norte de Sumatra. Os cafés húmidos fabricados nesta região tendem a ser limpos, mas sem a potência habitual dos cafés de Sumatra.

Moshi

Nome de mercado para o café que é produzido nas encosta do monte Kilimanjaro, na Tanzânia.

Mundano

Trata-se de um defeito ou de um gosto exótico desejável, depende de quem está a fazer a degustação e quão intenso é o gosto pela terra. Aparentemente, o sabor mundano está relacionado com o contacto literal de café molhado com a terra durante a secagem dos grãos de café. Os cafés da Indonésia e Timor são propensos a exibir sabores da terra.

Páginas