Vantagens e desvantagens de tomar café diariamente

Mais do que um alimento, o café é, para uns, uma forma agradável de começar o dia e de terminar as refeições. Para outros, pode até ser um vício incontornável. Para os primeiros, a presença do café é um fator positivo que acrescenta intensidade à vida e prazer ao quotidiano. Para os segundos, o café é uma necessidade de tal forma arreigada que, perante a sua ausência, podem verificar-se verdadeiros sinais de sofrimento.

Tudo isto porque o café é uma das bebidas mais ambivalentes que existem; ou seja, possui características que o tornam fascinante, mas também acarreta consigo alguns fatores que o podem transformar num vício verdadeiramente nefasto. Conheça as principais vantagens e desvantagens do seu café ou cafés diários! 

Vantagens do consumo de café

Com inúmeros benefícios ao nível da saúde, são muitas as vantagens daquele café que sabe bem, e faz bem:

  1. O café é um verdadeiro antidepressivo natural. Principalmente nos idosos, o café é um poderoso auxiliar na conservação da memória e proporciona sensações de entusiasmo, de um certo bem-estar ativo que potencia uma forma positiva de encarar a vida. Pode dizer-se que o café acrescenta atividade e prazer de viver.
  2. Como estimulante, o café acelera o rendimento cerebral, em quantidades moderadas. Ao combater o sono, acaba por trazer benefícios, por exemplo no estudo e no trabalho intelectual, uma vez que mantém a mente ativa e alerta. Desta forma, pode também auxiliar no combate à doença de Alzheimer.
  3. O café possui antioxidantes que podem ser úteis no combate ao diabetes de tipo 2, uma vez que ajudam a controlar as células responsáveis por aquela doença.
  4. O café é um poderoso auxiliar do exercício físico, tendo em conta que acelera o metabolismo, aumentando assim a velocidade com que se queimam as calorias. Ao estimular o sistema nervoso, ele propicia também um maior rendimento do esforço físico e pode assim ser útil ao rendimento dos atletas, incrementando a tensão muscular.
  5. Ajuda no combate ao colesterol, contribuindo para o aumento dos níveis de HDL (colesterol bom) e reduzindo o colesterol nefasto.
  6. O café traz benefícios consideráveis na digestão difícil, uma vez que aumenta a acidez presente no estômago. A digestão faz-se mais rapidamente devido ao aumento da secreção e ácidos. Pela mesma razão, o café funciona também como um eficaz laxante natural, combatendo a obstipação.
  7. Atua no combate ao cancro, contribuindo para a prevenção de vários tipos dessa patologia, principalmente do cólon, do útero ou da mama, uma vez mais devido à sua ação antioxidante. 

Desvantagens do consumo de café

Por outro lado, quando tomado em quantidades excessivas, aquele cafezinho bem forte pode acarretar alguns problemas de saúde, nomeadamente:

  1. O efeito negativo do café mais conhecido por todos é a insónia; o excesso de café provoca sensação de fadiga, irritabilidade, ansiedade e nervosismo. Dessa forma, diminui o sono e diminui também a sua qualidade.
  2. O café pode interferir no efeito de alguns medicamentos, alterando os seus níveis de absorção ou então porque os próprios medicamentos aumentam a absorção de cafeína.
  3. A cafeína em excesso pode alterar os níveis de açúcar no sangue e causar hipoglicemia, provocando tremores, palpitações e nervosismo.
  4. O consumo exagerado de café pode ter efeitos nefastos na função cardíaca, alterando o ritmo cardíaco, que se torna mais acelerado. Isto pode levar a situações de fibrilação, que aumentam o risco de derrames e situações problemáticas ao nível do sistema cardiovascular.
  5. O café pode danificar o estômago. Tratando-se de um alimento ácido, pode contribuir para a corrosão das paredes estomacais, levando a situações de úlcera gástrica. Este problema pode ser minimizado se o consumo do café não for feito “em jejum”.
  6. Nas mulheres grávidas, o consumo de café deve ser reduzido ou então nulo. Isto porque o café pode contribuir para o aumento do risco de aborto espontâneo, para além de outros efeitos negativos como as perturbações gástricas, intestinais e fadiga excessiva.
  7. O café pode provocar dependência. Dessa forma, o seu consumo regular pode levar a um estado de dependência e perante a sua ausência, revelam-se situações de dor de cabeça, confusão ou ansiedade.

Em conclusão, podemos afirmar que o consumo de café pode ter mais benefícios do que desvantagens desde que seja tomado na quantidade correta; como se vê, a maioria dos efeitos negativos só ocorrem quando a dose ingerida é superior ao recomendado; a maioria dos especialistas aponta para duas ou três chávenas diárias de café espresso como o limite máximo; no entanto, esses valores dependem muito da situação particular de cada pessoa em termos de saúde física e idade. Quando em dúvida, consulte o seu médico.

A sua votação: