Tipos de moagem de café

Café moido e grãos

Existem inúmeras variedades de café no mercado e alguns tipos de moagem distintos que são utilizados na sua preparação. Saiba quais são os tipos de moagem de café existentes e conheça o mais indicado para extrair o seu café predileto.

A importância da moagem dos grãos de café

O segredo para obter um café excelente está relacionado com a moagem dos respetivos grãos. O processo de moagem consiste em reduzir os grãos de café acabados de torrar a pó e, geralmente, essa operação é realizada com o auxílio de um moinho de café. A moagem necessita de ser o mais precisa possível de acordo com o tipo de café que quer extrair, pois a forma como os grãos são moídos afeta o tempo de extração do café e os vários critérios de degustação, como por exemplo: a fragrância, o corpo, a acidez, a riqueza e a sua suavidade.
Os grãos de café precisam de ser moídos da forma mais adequada com o intuito de preparar uma chávena de café perfeita, no entanto, devem ser imediatamente utilizados depois de terem sido moídos, caso contrário, começam a perder os seus aromas e sabores principais.

As diferentes  moagens de café

À semelhança do processo de torrefação do café, para cada tipo de café existe uma moagem específica e apropriada. Das mais importantes, destacam-se as seguintes:

A moagem extra fina

A moagem extra fina dos grãos de café deve ser utilizada na preparação do café turco, uma vez que o pó do café não é coado. Este tipo de café é preparado numa caçarola turca (ibrik), onde os grãos de café moídos são misturados com água quente e açúcar. Trata-se de um tipo de moagem exclusiva que possibilita a extração de uma chávena de café única e original.

A moagem fina

A moagem fina dos grãos de café deve ser utilizada nas máquinas de café espresso uma vez que possibilita a preparação de um café forte, amargo, encorpado e cremoso, à boa maneira italiana. Trata-se de um tipo de moagem que é muito usada na extração de um café espresso, pois os grãos finos oferecem uma maior resistência à passagem da água quente e isso realça os gostos e os aromas de uma determinada safra de café. O tempo de preparação ideal de um café espresso é de 25 a 30 segundos e se o café demorar mais ou menos tempo a ser extraído é necessário regular a moagem dos grãos.

A moagem média

A moagem média, como o próprio nome indica, situa-se entre a moagem fina e a moagem grossa dos grãos de café. Trata-se de um tipo de moagem que deve ser utilizada na preparação de um café com uma prensa francesa. Ao utilizar grãos de café moídos com uma espessura média, conseguirá preparar um café mais suave e aromatizado. O método da prensa francesa, obriga a água quente a entrar em contacto com os grãos de café moídos durante um período máximo de 3 minutos e esse tempo é suficiente para que todas as características principais dos grãos de café sejam absorvidas.

A moagem grossa

A moagem grossa dos grãos de café deve ser utilizada na preparação de um café de cafeteira moka. Este método de moagem permite a extração de um café saboroso, forte e encorpado. Os grãos de café moídos são colocados no filtro do café, onde a água sobe e absorve todos os aromas e sabores principais de um determinado tipo de café.

Quais os tipos de moinhos que são utilizados na moagem dos grãos de café

Atualmente, uma moagem apropriada dos grãos de café assume uma enorme importância na extração de uma chávena de café exclusiva. Para moer corretamente os grãos de café, é necessário conhecer os tipos de moinhos existentes no mercado. São eles:

Os moinhos de rebarba

Os moinhos de rebarba têm a capacidade de triturar os grãos de café de uma maneira muito mais fina do que os demais e isso é, uma enorme vantagem na preparação de um café espresso ou café turco. Este tipo de moinho tem dois tipos de lâminas: planas e cónicas. Ambas apresentam uma moagem consistente, apesar da lâmina cónica ser mais eficaz por causar menos atrito e eletricidade estática.
Os moinhos de rebarba ocupam mais espaço e são, tradicionalmente, mais pesados que os restantes, mas, ao mesmo tempo, oferecem a possibilidade de escolher o tamanho do café moído.

Os moinhos de lâmina

Os moinhos de lâmina são os mais económicos e duradouros do mercado, no entanto, a sua moagem não é tão eficaz como a que é feita pelo moinho de rebarba. Este tipo de moinho apresenta uma moagem consistente na preparação de um café de prensa, de filtro, de cafeteira, entre outros. Contudo, não deve ser utilizado para extrair um café espresso, pois os grãos de café não ficam com a espessura apropriada e isso vai fazer com que a sua chávena de café fique com um sabor desagradável.
É de realçar que os moinhos de lâmina têm a vantagem de serem portáteis e de ocuparem pouco espaço.

A sua votação: