Como fazer diferentes tipos de café

Diferentes tipos de café

Existem vários tipos de café no mercado, assim como diferentes maneiras de serem preparados. Dos métodos mais populares, destaca-se o café que é produzido pela máquina de café expresso, pela prensa francesa e pela caçarola turca. Saiba como fazer diferentes tipos de café e prepare uma chávena de café exclusiva, independentemente do método escolhido.

Noções básicas acerca dos grãos de café

Para fazer diferentes tipos de café, é fundamental que conheça todas as informações que estão relacionadas com os grãos de café. Das noções mais importantes, destacam-se as seguintes:

Qual o tipo de grão de café a utilizar?

Considere o tipo de grão de café que vai utilizar na preparação da sua bebida, uma vez que existem várias fases no processo de torrefação e cada uma deles proporciona um sabor e aroma específico. A torra dos grãos de café pode ser clara, castanha, escura, expresso, francesa, americana, italiana, entre outras e, como tal, escolha a que mais lhe agradar ou torre os seus próprios grãos de café . Tenha em consideração que a torra mais escura dos grãos de café tem menos cafeína que a torra mais clara.

Grãos de café moídos vs Grãos de café inteiros

Na preparação de uma chávena de café, pode utilizar grãos de café moídos ou grãos de café inteiros. Ambos têm as suas vantagens e desvantagens e cabe-lhe a si escolher a forma dos grãos de café que vai utilizar.

Grãos de café moídos

Os grãos de café moídos têm a vantagem de não precisarem de um moinho de café, uma vez que já se encontram triturados. Contudo, o facto de estarem moídos pode ser uma enorme desvantagem, pois o café pode perder a sua frescura, sabor e aroma original. Tenha em atenção que, depois dos grãos de café terem sido moídos, estes devem ser rapidamente consumidos para não perderem a sua essência. Por outro lado, também os pode armazenar num recipiente com uma tampa hermética para que durem mais tempo.

Grãos de café inteiros

Os grãos de café inteiros têm a vantagem de serem armazenados e de se manterem frescos durante mais tempo. No entanto, sempre que forem precisos para fazer um café, eles precisam de ser triturados na hora. Para o fazer, é necessário adquirir um moinho de café e pode comprar um moinho de rebarba ou um moinho de lâmina.

Café moído com moinho de rebarba

Os moinhos de rebarba ocupam mais espaço e são, tradicionalmente, mais pesados que os demais, mas, ao mesmo tempo, oferecem a possibilidade de escolher o tamanho do café moído. Este tipo de moinho tem a capacidade de triturar os grãos de café de uma maneira muito mais fina do que os moinhos de lâmina e isso é, por exemplo, uma enorme vantagem na preparação de um café expresso.

Café moído com moinho de lâmina

Os moinhos de lâmina têm a vantagem de serem portáteis e de ocuparem pouco espaço. No entanto, a sua moagem não é tão eficaz como a que é feita pelo moinho de rebarba.

Qual o método de fermentação a usar

Na preparação de um café, existem vários processos de fermentação que podem ser colocados em prática. Destacam-se 3 métodos distintos: o da máquina de café expresso, o da prensa francesa e o da caçarola turca.

Máquina de café expresso

Para produzir um café com o auxílio de uma máquina de café expresso, siga os passos seguintes:

  • Insira água fria na máquina de café e coloque o café moído no respetivo filtro. Basta colocar três colheres de sopa de café moído para obter uma chávena de café excelente;
  • Ligue a máquina de café e extraia o café para uma chávena ou cafeteira. Se pretender guardar o café para mais tarde, deve colocá-lo numa garrafa termos para que ele se mantenha quente e saboroso;
  • Limpe a máquina de café corretamente.

Prensa francesa

Para fazer um café de qualidade com uma prensa francesa, cumpra as etapas seguintes:

  • Ferva a água de modo a que ela esteja pronta a ser utilizada quando for precisa;
  • Triture os grãos de café numa medida larga e uniforme. Esta dimensão é mais facilmente conseguida com um moinho de rebarba;
  • Utilize duas colheres de sopa com café moído e despeje-as no fundo da prensa francesa;
  • Coloque a água a ferver por cima dos grãos de café moídos;
  • Agite a água a ferver e os grãos de café moídos até que apareça o seu café. O café surge quando se forma uma espuma leve no topo da mistura da água com os grãos de café moídos;
  • Prenda o filtro de café no topo da prensa francesa e deixe que este entre em contacto com a água e com os grãos de café moídos durante um período máximo de três minutos;
  • Empurre o êmbolo que se encontra no meio do conjunto de filtragem para baixo, com o intuito de separar os grãos de café moídos da água. Depois, sirva o seu café.

Caçarola turca

Para preparar um café numa caçarola turca, obedeça aos passos seguintes:

  • Fermente o café ao utilizar uma caçarola turca específica (conhecido como ibrik) e chávenas de café pequenas;
  • Triture os grãos de café na caçarola turca e utilize uma moagem muito fina;
  • Meça a quantidade de água que vai utilizar nas chávenas de café pequenas e despeje-as na respetiva caçarola;
  • Adicione uma colher de chá de café por cada chávena pequena de água que colocou no ibrik. Se quiser fazer um café mais saboroso, acrescente uma colher de chá de açúcar por cada duas colheres de chá de café;
  • Misture os grãos de café moídos, a água e o açúcar antes de os ferver;
  • Ferva o preparado na caçarola turca até que uma espuma se forme à sua superfície. Tenha cuidado porque a espuma pode ferver e sair do ibrik muito rapidamente;
  • Repita este processo mais duas vezes, até que o preparado tenha fervido a espuma por três vezes seguidas. Posteriormente, sirva o seu café turco e delicie-se com uma chávena de café original.
A sua votação: