3 razões para não aquecer o café numa cafeteira

Homem investigar café

A cafeteira de café é um acessório muito útil para se ter em casa ou no próprio local de trabalho. Trata-se de um aparelho excecional que é responsável pela preparação de um café fresco e saboroso. Conheça 3 razões para não aquecer o café numa cafeteira e mantenha a originalidade dos aromas e sabores do seu café.

O melhor café é aquele que é preparado e extraído no momento, uma vez que apresenta todas as suas faculdades principais: a fragrância, o corpo, a riqueza, a acidez e a suavidade. Para saborear uma chávena de café, é necessário que o café seja o mais fresco possível e, como tal, nunca deve ser aquecido numa cafeteira. Das várias causas que existem para não aquecer o café numa cafeteira, destacam-se as 3 razões seguintes:

Provoca o aparecimento de borras de café

A preparação e a extração de um café é, para muitas pessoas, uma forma de expressão. E é em nome desse estatuto artístico que as pessoas adquirem os melhores grãos de café disponíveis no mercado para preparar uma chávena de café perfeita. No entanto, é de realçar que ao aquecer um café, independentemente da qualidade do mesmo e dos seus grãos, as borras de café da utilização anterior acabam por vir ao de cima e isso faz com que o café perca a sua essência e caráter originais. A presença de borras de café numa chávena é muito desagradável e provoca um enorme dissabor e amargo de boca.

Diminui o sabor original do café

Quando o café é extraído pela primeira vez, a passagem de água quente sobre os grãos de café leva consigo os seus sabores principais, que foram adquiridos durante o processo de torrefação. Esta operação faz com que se obtenha uma chávena de café exclusiva, com aromas extraordinários. Contudo, quando um café é aquecido, ele perde substancialmente a sua qualidade e sabor original. Assim sendo, o café aquecido adquire um gosto obsoleto e sensaborão e não reflete a verdadeira essência de uma variedade específica de café.

Conduz ao entupimento da cafeteira

Depois de ter preparado um café, tenha em mente que ele não deve ser novamente aquecido numa cafeteira de fazer café, pois, ao fazê-lo, correrá um sério risco de a entupir. O líquido de um café frio é mais denso do que a própria água e isso vai fazer com que se acumulem sedimentos e impurezas no filtro da cafeteira, impedindo a passagem e a fluidez do próprio café. Como consequência, o filtro da cafeteira fica entupido e o café começa a transbordar, sujando tudo o que se encontra à sua volta. Esta situação desgasta as peças da cafeteira e obriga a uma limpeza da mesma e de todo o seu espaço envolvente.

Estes são os motivos principais pelos quais um café não deve ser aquecido, uma vez que isso afeta o seu aroma, paladar e frescura originais. Deve optar por preparar sempre um café fresco para se deliciar com todos os prazeres que uma boa chávena de café lhe oferece.

A sua votação: